A importância da autoconfiança

Autoconfiança é a convicção que uma pessoa tem, de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa. Refere-se à competência pessoal.

Na abordagem psicoterapêutica de Friederike Potreck-Rose e Gitta Jacob (2006) para o aumento da autoestima, a autoconfiança representa um dos quatro pilares, sendo definida como “uma postura positiva com relação às próprias capacidades e desempenho e inclui as convicções de saber fazer alguma coisa, de fazê-lo bem, de conseguir alcançar alguma coisa, de suportar as dificuldades e de poder prescindir de algo.

A auto-confiança é extremamente importante praticamente em todos os aspectos da nossa vida, poderá fazer maravilhas favorecendo desde sua aparência física a seus padrões de sono. Está provado que pessoas autoconfiantes são mais bem sucedidas, saudáveis e aproveitam uma vida mais completa.

As pessoas auto-confiantes inspiram confiança nos outros. Ganhar autoconfiança, assim como a confiança dos outros é uma das principais vias para sermos bem sucedidos na nossa vida.

autoconfianca-01

A boa notícia é que a auto-confiança pode realmente ser aprendida e construída. E, se você estiver trabalhando na sua própria auto-confiança ou a construir a confiança das pessoas ao seu redor, esse esforço será certamente recompensado.

Todos nós enquanto seres humanos, necessitamos de nos sentir competentes, eficazes e confiantes, face a algo ou às nossas capacidades. Estes sentimentos permitem que nos coloquemos num estado de elevados recursos, corpo e mente ficam sintonizados para construir uma resposta adequada ao desafio a enfrentar ou a resolver.

O Seu nível de auto-confiança pode evidenciar-se de várias maneiras: o seu comportamento, a sua linguagem corporal, a forma como você fala, o que você diz, e assim por diante.

A baixa auto-confiança pode ser auto-destrutiva, e muitas vezes manifestar-se com negatividade. As pessoas auto-confiantes são geralmente mais positivas, acreditam em si mesmos e nas suas habilidades, acreditam ainda na capacidade que possuem para viver a vida de forma mais plena e feliz.

Duas coisas principais contribuem para a auto-confiança: A auto-eficácia e a auto-estima. Nós ganhamos um senso de auto-eficácia, quando nos vemos a nós mesmos no domínio das nossas habilidades e nos vemos alcançando metas que necessitam dessas mesmas habilidades. Esta é a confiança, que se aprende quando trabalhamos duro numa área em particular, e acreditamos que vamos conseguir, e é este tipo de confiança que leva as pessoas a aceitarem desafios difíceis, e a persistirem diante de dificuldades.

Vale pensar a respeitos desta frase “Posso tudo que penso que posso”

Pensamentos e afirmações positivas podem ajudar a construir a autoconfiança, mas é também importante a definição de metas e viver a experiência do êxito. E assim construir um sentido de competência.

Construir a auto-confiança

Então, como é que você constrói essa sensação de auto-confiança equilibrada, fundada sobre uma firme valorização da realidade?

A má notícia é que não há nenhuma solução rápida. A boa notícia é que a construção da auto-confiança é facilmente alcançável, desde que você tenha o foco e a determinação para realizar determinadas coisas. A melhor notícia é que as coisas que você vai fazer para construir a auto-confiança também irão fazer parte da construção do
seu sucesso – afinal, a sua confiança constrói-se da verdadeira e sólida realização pessoal. Ninguém pode tirar isso de você!

autoconfianca-02

Algumas dicas para fortalecer a autoconfiança

1) Faça exercícios e se alimente de forma saudável

Aparência é a causa número um para a baixa autoestima ao redor do mundo. Melhorar sua aparência física pode fazer maravilhas por sua confiança. Se exercitar geralmente é a melhor forma de fazer você se sentir melhor e parecer melhor.

Exercícios de qualquer tipo irão liberar endorfinas que são químicas liberadas pelo cérebro durante o exercício que aumentam o bom humor e mandam um sentimento de prazer através de seu corpo. Exercitar-se regularmente irá melhorar a aparência física de qualquer um e, consequentemente, sua autoconfiança. Você se sente bem, você sorri mais. Você sorri mais você sente mais confiança, existe um padrão aqui, não é?

2) Procure fazer contato visual

Muitas pessoas tem medo incrível de como as outras pessoas irão julga-las em diferentes situações. Ao fazer contato visual você diz a si mesmo que você tem valor, não tem medo e é confiante. Ao mesmo tempo você envia a mesma mensagem para a outra pessoa com quem está conversando.

Num primeiro momento muitas pessoas precisam se forçar a fazer contato visual por algum tempo antes que isso vire um hábito. Entretanto, uma vez que você conseguir criar o hábito de fazer um bom contato visual você naturalmente se sentirá mais confiante em todas as situações e cenários.

3) Encare seus medos, não tenha medo das falhas

autoconfianca-03Está é uma forte razão para o baixo nível de confiança em milhões de pessoas. Nossos sentimentos têm um controle incrível sobre nós e afetam a forma como pensamos a respeito de nós mesmos. Quando sentimos medo de alguma coisa nos sentimos fracos e com baixa confiança. Em razão de superar isso você deve encarar seus medos e começar a compreender o que você teme ao invés de fugir dele.

Aprenda a não ter medo de suas falhas. Todo mundo falha inúmeras vezes durante a vida. Algumas falhas não irão definir sua vida. A forma como você responde a essas falhas é o que irá te definir. A vida é feitas de momentos de acertos erros, aprendemos sempre.

4) Evite se comparar com os outros

Quando você se compara com o outro vê apenas uma pequena fatia de como aquela pessoa realmente é. Todo mundo pensa, sente, aprende e enxerga as cosias de formas diferentes. Você é a única pessoa neste planeta com sua habilidade, as possibilidades em você são infinitas e diferentes de todas as outras pessoas, nem duas digitais são iguais. Lembre-se disso!

Quando você se compara com outras pessoas você tende a se comparar com a pessoa que você acredita ser o melhor naquilo na vida. Essa definitivamente não é uma boa maneira de se avaliar. Ao invés disso, se preocupe com quem você precisa ser para ser alguém de quem goste. Você se surpreenderá como as pessoas que gostam de si mesmas são confiantes.

5) Cuide de sua imagem !

Alguma vez você já ouviu a frase “quando você parece bem, você se sente bem”?
Existe muita verdade neste velho ditado. Cuidar de sua imagem na forma de vestir-se, de arrumar-se gera um efeito psicológico positivo resultando em melhores interações com as outras pessoas.

Vestir-se bem é uma forma fácil de aumentar sua autoconfiança. Isso foi estudado e provado ser muito efetivo.

6) Aprenda a cultivar o sentimento de gratidão no seu dia a dia !!

Cultive o habito de pensar positivamente. A gratidão te lembra das coisas positivas da vida. Faz você feliz com as pessoas e situações em sua vida, sejam eles pessoas queridas, uma pessoa que conheceu que foi atenciosa com você, ou mesmo um bem-te-vi que canta em sua janela.

A gratidão transforma o negativo em positivo. Seja grato por ter desafios. Seja grato pois você pode aprender com estes desafios. Seja grato pelos desafios fazerem de você uma pessoa mais forte.

O simples ato de dizer “obrigado” a alguém pode fazer uma grande diferença na vida dessa pessoa. As pessoas gostam de serem apreciadas por quem elas são e pelo que fazem. Não custa nada, mas faz alguém feliz. E fazer outra pessoa feliz vai fazer você feliz também e mais confiante.

7) Ajude quando puder !

O poderoso sentimento de ajudar os outros constrói autoconfiança em você e te ajuda a perceber que você é capaz de causar impacto neste mundo.

Aqueles que fazem trabalhos comunitários geralmente tem autoestima incrivelmente elevada.

Tonny Robbins disse isso da melhor forma: “O segredo de viver está em dar”.

8) Carregue a confiança com você

Carregue a confiança com você, só não precisa ser sobre seus ombros.

Existem inúmeras formas de como você pode exalar confiança e aqui vai algumas dicas: Fale claramente e com um volume razoável, tenha consciência de sua postura. Não cruze seus braços já que isso demonstra insegurança.

autoconfianca-04

9) “Finja ser, até que você seja”

Todos nós já ouvimos esta frase antes, mas ela é muito aplicável quando se trata de autoconfiança.

Se você se encontrar em uma situação vulnerável e não muito confiante, este é o momento para ligar seu modelo mental de “finja ser, até que você seja”. Use as características de pessoas confiantes e aplique as mesmas em sua situação imediata. Procure por um modelo de alguém que você perceba como uma pessoa confiante e carismática, seja ela um personagem ou alguém que te fez sentir confortável antes.

Esses se tornarão hábitos com seu próprio tempo interior e definitivamente irão valer a pena.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.